quinta-feira, 28 de abril de 2016

0

1º de maio fortalece luta contra o golpe e pela democracia


Vai ter arte, cultura e luta em Aracaju no Dia Internacional do Trabalhador, 1º de Maio. A partir das 14h deste domingo, a Praça da Juventude no Conjunto Augusto Franco será o palco da Assembleia dos Trabalhadores contra o golpe, ocasião em que todo cidadão terá direito de se manifestar e colaborar com a construção da agenda de luta até o dia previsto para a votação no Senado do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A atividade política é realizada pelo Manifesto Arte Abraça a Democracia, pela Advocacia pela Democracia e a Frente Sergipana Brasil Popular, composta por centrais sindicais, movimentos populares, artistas, assistentes sociais, advogados e vária categorias de trabalhadores.

Às 17h, após a Assembleia Popular, terá início o 2º Festival Arte Abraça Democracia com a apresentação de dezenas de músicos contrários ao golpe. Também estão previstas intervenções de atrizes, atores e artistas plásticos. As trabalhadoras e trabalhadores interessados em participar da atividade política podem levar as crianças para o ato, durante toda tarde, a criançada terá direito a pipoca, algodão doce e pula-pula.

Na Coletiva de Imprensa realizada na manhã desta quarta-feira, dia 27/04, pela Frente Sergipana Brasil Popular o vice-presidente da CUT/SE, Plínio Pugliese, apontou que houve grande resistência marcada por manifestações, trancamento de ruas, avenidas e rodovias em várias capitais e cidades brasileiras em protesto à votação na Câmara Federal que impulsionou o golpe contra a democracia brasileira. “Daqui pra frente só pretendemos crescer em mobilização social, chamar a atenção, principalmente dos trabalhadores não mobilizados que não estão atentos ao risco de perda de direitos trabalhistas, retrocesso democrático e quais serão as consequências da concretização deste projeto de destruição da esquerda brasileira que atinge sindicatos, movimentos sociais, direitos conquistados pelas mulheres, população negra brasileira, LGBTs e atinge a luta por igualdade social. O retrocesso é claro, a população precisa estar ciente”.

Liderança do MST, Gislene Reis destacou que a votação na Câmera pelo golpe contra a democracia aconteceu no dia 17 de abril, quando se completaram 20 anos de impunidade pelo Massacre dos Carajás. “Este movimento conservador, contrário à democracia também tem se demonstrado hostil aos movimentos sociais e sindicais que já começam a sofrer pequenos atentados e ameaças, mas toda agressão conservadora só nos fortalece na luta contra este golpe. Os movimentos sociais que integram a Frente Brasil Popular defendem a pauta da igualdade social e a luta pela democracia, a gente espera que todo cidadão com duvidas sobre o contexto político confuso compareça nesta Assembleia Popular para que possamos dialogar, pois a luta em defesa das conquistas consolidadas, os direitos dos trabalhadores e a democracia brasileira são do interesse de todos”.

Dirigente do Partido dos Trabalhadores e militante da Frente Sergipana Brasil Popular, Tadeu Brito informou que após a votação na Câmara Federal pelo golpe contra a democracia, o numero de artistas que se somam em apoio ao movimento só cresce a cada dia. “Ontem houve a reunião dos artistas, eles estão construindo uma agenda de luta, diálogo e intervenção. São artistas que mostram disposição de participar ativamente de todas as atividades da Frente. O 1º de maio será um dia histórico. Pela primeira vez as centrais se unem em torno de uma pauta comum. Será um dia de luta, fortalecimento e confraternização da família trabalhadora”.

Representante da CTB, Edval Góes também presente levar todos os trabalhadores de sua base à manifestação. “É um ato em defesa da democracia brasileira. Não pode e nem deve ser um ato só de militantes. Convidamos todos os cidadãos que defendem a democracia brasileira, que é tão frágil e base de todas as conquistas, a democracia é nosso pão de cada dia, o ar que a gente respira”.


Representando o Levante Popular da Juventude, Durval Siqueira prevê grande participação da juventude, estudantes secundaristas e universitários, pois neste meio está claro o golpe para derrubar a presidente democraticamente eleita. “A direita brasileira não consegue apresentar um projeto político que atenda a maioria da população, como eles não conseguem vencer no voto, querem tomar o poder de supetão, atropelando a democracia. A juventude brasileira está ciente disso e não vai ficar de braços cruzados. Vamos ocupar a Praça da Juventude e todas as praças que for preciso ocupar para defender a ampliação dos nossos direitos e conquistas e barrar o retrocesso e o golpe contra a democracia”.
FONTE: www.cut-se.org.br

quarta-feira, 27 de abril de 2016

0

Prefeitura atrasará novamente o salário e SINDISERVE entrará com ação judicial

No último dia 26 de abril de 2016,  a Direção do SINDISERVE-CANINDÉ foi contactada pela secretaria de finanças por volta das 12horas, às 15horas houve uma reunião, onde os dirigentes sindicais cobraram o salário e a titulação.
O secretário de finanças, José Santos de Andrade, informou que o pagamento dos servidores referente ao mês de abril, será a partir do dia 04 até o dia 11 de maio. Questionado pela direção do SINDISERVE-CANINDÉ, o secretário rebateu dizendo que a situação do município financeiramente está muito ruim, e que na próxima sexta-feira, dia 29 de abril, será demitido todos os contratados e todos os comissionados, e que na segunda-feira apenas alguns voltarão. Relata ainda que que segundo a sua previsão de receita para o mês de abril, chegará a R$ 5.200.000,00 (cinco milhões e duzentos mil reais) onde a previsão para o FUNDEB este mês é de R$ 1.700.000,00 (um milhão e setecentos mil reais), só a folha dos professores é de R$ 1.900.000,00 (um milhão e novecentos mil reais) e que já está terminando o documento onde decreta a Calamidade Financeira do município de Canindé de São Francisco. 


"Nada justifica esta situação de descaso e atraso de salário dos servidores públicos municipais de Canindé, não justifica por exemplo a alegação do atraso de repasses federais, o município de Canindé de São Francisco é para pagar os servidores com recursos próprios, o servidor é do município e não da federação, quando atrasa os repasses federais, que culpa o servidor tem?" Questiona o Diretor Executivo do SINDISERVE-CANINDÉ, José Adailton.





"Nada justifica o atraso de pagamento dos servidores públicos de Canindé, os servidores tem que ser prioridade, pois somos nós que fazemos este município andar, o Prefeito heleno Silva é o principal culpado pela situação em que o município se encontra, sua gestão desastrosa foi baseada em decretos de contenção de gastos. E para onde foi esse dinheiro das contenções? A contenção de gastos era para uma situação como esta. Mas estamos vendo a agonia do prefeito, pois o mesmo não teve e não está tendo pulso para resolver esta situação. Estamos lutando para que seja encaminhada ao legislativo um projeto de lei que garanta que o servidor receba no mês trabalhado, mais até agora a administração engavetou", declara o presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo. 


"Após a reunião na secretaria de finanças, eu e o companheiro Adailton nos reunimos com a nossa assessoria jurídica, que estava dando plantão no sindicato, debatemos e decidimos ingressar uma ação para que o poder judiciário estabeleça uma data de pagamento para os servidores. Esta situação está insustentável e nós não podemos pagar esta conta, pela má gestão administrativa do prefeito Heleno Silva e desde o dia 01 de janeiro de 2013 o prefeito continuou os vícios políticos herdados pelo ex-prefeito Orlando Porto de Andrade (Orlandinho)" Finaliza o presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo.

EM BREVE A DIREÇÃO DO SINDISERVE-CANINDÉ ESTARÁ DIVULGANDO A LISTA NECESSÁRIA DE DOCUMENTOS PARA QUE POSSA SER IMPETRADA UMA AÇÃO CIVIL CONTRA A ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO HELENO SILVA.






segunda-feira, 25 de abril de 2016

0

ATENDIMENTO DA ASSESSORIA JURÍDICA DO SINDISERVE-CANINDÉ É DIA 26 DE ABRIL

Amanhã dia 26 de abril de 2016, haverá atendimento da assessoria jurídica para os Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco, Sergipe. 

É um instrumento muito importante para a defesa da classe trabalhadora de Canindé, os companheiros e companheiras de luta podem tirar as suas dúvidas, como também ingressar com ações judiciais, já ganhamos dezenas de ações em prol da classe trabalhadora, seja por danos morais, indenizações, perseguições políticas, direitos negados, dentre outras situações, o servidor tem que vim até o sindicato e passar à sua demanda" declara o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo

terça-feira, 19 de abril de 2016

0

Administração de Canindé fará reunião no Ministério Público para tratar da situação econômica-financeira

O SINDISERVE-CANINDÉ recebeu, no dia 17 de abril de 2016 um ofício da Secretaria de Finanças convidando a entidade para participar de uma reunião a tratar da situação econômica-financeira do município. "Estamos atentos as receitas, e estaremos presentes nesta reunião, e iremos escutar o que a administração pública de Canindé tem a argumentar sobre a situação econômica-financeira do município, e com certeza iremos argumentar as distorções existentes em nosso município" declara o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

0

SALÁRIO DOS SERVIDORES DE CANINDÉ EM ATRASO

Os salários dos servidores públicos do Município de Canindé de São Francisco, Sergipe, continuam em atraso, os dirigentes sindicais do SINDISERVE-CANINDÉ e companheiros de lutam foram até a Secretaria de Finanças na tarde de hoje, dia 07 de abril de 2016 cobrar o pagamento da categoria.




Questionado pelo atraso de pagamento dos Servidores Públicos, referente ao mês de março de 2016, o Secretário de Administração e Finanças, José Santos de Andrade, informou que é devido a queda de receita, e que a arrecadação do Município de Canindé de São Francisco, referente ao mês de março chegou à R$ 6.800.000,00 (seis milhões e oitocentos mil) e que o FUNDEB repassou R$ 1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil) no mês de março e que este valor foi repassado para os professores, amanhã, dia 08 de abril de 2016 na parte da manhã, as folhas estarão sendo encaminhadas aos bancos e que no sábado dia 09 de abril estará creditado nas contas dos servidores. 

Emanoel Aleixo, Presidente do
SINDISERVE-CANINDÉ
"Nada justifica o atraso de salário dos servidores públicos, repudiamos esta atitude da administração do Prefeito Heleno Silva (PRB), a administração pública tem que entender que o servidor público tem que receber no mês trabalhado. Estamos lutando incansavelmente para que o projeto de lei que elaboramos seja encaminhado para a câmara de vereadores, terça-feira, dia 12 teremos a criação da Comissão de trabalho que irá discutir as 29 pautas de reivindicação e com certeza a primeira a ser debatida será a definição de uma data de pagamento"

VEJA ABAIXO O OFÍCIO COM O PROJETO NA ÍNTEGRA ENCAMINHADO PELO SINDISERVE-CANINDÉ PARA A SECRETARIA DE FINANÇAS DESDE O DIA 02/12/2016.








terça-feira, 5 de abril de 2016

0

PREVENINDO E COMBATENDO O ASSÉDIO MORAL

O SINDISERVE-CANINDÉ: Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco lançou a Campanha "PREVENINDO E COMBATENDO O ASSÉDIO MORAL.





Na Escola Municipal José Guilherme, localizada no Projeto Califórnia, a Direção do SINDISERVE-CANINDÉ, passou a importância da campanha e principalmente este momento, o PÓS GREVE,  pois é um momento delicado e que é imprescindível de que se por ventura acontecer alguma intimidação do chefe imediato para com o servidor, o mesmo deve informar de imediato ao SINDISERVE-CANINDÉ
Outra setor de trabalho onde foi feita palestra e distribuição de material foi na Escola Municipal Manoel Messias Cordeiro, onde direção e servidores debateram sobre a importância de prevenir e combater o assédio moral em nosso município, que existia em demasia na gestão anterior, mas que ainda acontece nesta gestão.





Na Escola Municipal Escrava Anastácia, localizada no Assentamento Canadá, foi mais um momento de diálogo com a classe trabalhadora, onde ficou claro que os servidores estão dispostos a lutarem pela manutenção e ampliação de direitos.






Na Unidade de Saúde da Família, localizado nas 04 casas (alto bonito), foi mais um local visitado pela direção do SINDISERVE-CANINDÉ. "A campanha "PREVENINDO E COMBATENDO O ASSÉDIO MORAL" continua, durante a greve ouve alguns casos de intimidação e pudemos agir a tempo, este momento pós greve é muito importante garantirmos a volta tranquila dos servidores aos seus locais de trabalho, esta campanha serve para tirar todas as dúvidas e identificar o assédio moral, algo que acontece muito hoje em dia e que pode ser silencioso mais causa um estrago irreparável para o trabalhador", declara Emanoel Aleixo, Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ.

terça-feira, 29 de março de 2016

0

SERVIDORES PÚBLICOS DE CANINDÉ CONQUISTAM 11% DE REAJUSTE ESCALONADO E CRIAÇÃO DE COMISSÕES PAR EFETIVAÇÃO DAS PAUTAS DE REIVINDICAÇÃO

Ontem, dia 28 de março de 2016, aconteceu a assembleia geral extraordinária dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco, onde a proposta encaminhada pela administração pública de Canindé foi apresentada, avaliada e aprovada pela maioria dos presentes, onde obteve 109 votos a favor, 24 votos contra e 09 abstenções, com isso a greve acaba e no dia 31 de março (quinta-feira) os servidores voltarão a desempenhar as suas funções normalmente.

Depois de muita luta e reivindicação os servidores conquistaram um reajuste salarial de 11% (onze por cento) escalonado, de 6,5% (seis e meio por cento) a partir de maio de 2016; acréscimo de 1% (um por cento) a partir de junho de 2016; 1% (um por cento) a partir de julho de 2016, 1% (um por cento) a partir de agosto de 2016 e acréscimo de 1,5% (um e meio por cento) a partir de setembro de 2016, como também a criação de três comissões; uma comissão da saúde, uma comissão da educação e uma comissão geral, para tratar das 29 pautas de reivindicações com início no dia 04 de abril de 2016.

"A luta não pode parar, pelo contrário ela está apenas começando! A nossa campanha salarial 2016:  A LUTA SE CONSTRÓI COM O COLETIVO continua e temos ainda 29 pautas de reivindicações, dia 04 de abril iremos começar a discutir, e dentre eles já temos algumas prioridades que são a definição de uma data base para o recebimento dos vencimentos dos servidores, plano de saúde, condições de trabalho, plano de saúde, fardamento, extinção dos desvios de função, dentre outros. declara o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo."


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...