segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

0

Servidores de Canindé ocupam Câmara de vereadores

Nessa sexta-feira, dia 16 de janeiro, a movimentação foi intensa na Câmara Municipal dos Vereadores de Canindé do São Francisco, depois do alerta feito pelos dirigentes do SINDISERVE-CANINDÉ (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé), nas redes sociais e durante o programa “Bom Dia 104” na Rádio Comunitária Amanhecer FM. Os sindicalistas denunciaram uma manobra do poder executivo municipal em conjunto com o legislativo, na tentativa de enviar um projeto ao legislativo municipal que tratava de perda de direitos e enfraquecimento do poder de mobilização social dos servidores públicos municipais e por conseguinte ser aprovado em uma sessão extraordinária.

A reunião legislativa foi iniciada às 11h, na abertura dos trabalhos o presidente da casa, Vereador Everaldo Nunes, falou sobre o projeto. “Eu e os meus colegas nos reunimos antes de vir a plenário e decidimos aumentar o prazo para o estudo detalhado do projeto, além de definir a constituição das comissões da casa”, Justificou. Na apresentação dos vereadores presentes, os servidores que estavam no local começaram a vaiar quando o nome do vereador Luciano Ferreira foi falado pela mesa. A vaia ao vereador foi um protesto ao que ele teria dito antes do inicio da sessão, segundo testemunhas. “Vocês mandam no seu chiqueiro e não aqui”, falou. O discurso do vereador na tribuna foi carregado de ataques aos funcionários e a entidade sindical que os representam.

Para a vereadora Ivone Feitosa. “houve uma tentativa clara da administração de investir conta o funcionalismo municipal, por isso que eu e meus colegas pedimos mais tempo para analise do projeto”, explicou.     
De acordo com Emanoel Aleixo. “Houve uma tentativa clara de tirar direitos conquistados pelos servidores públicos municipais, assim como atingir o seu poder de mobilização. Uma verdadeira vergonha para uma gestão que quer legalizar o desvio de função e ampliar a terceirização no município em detrimento do quadro de efetivos que o município tem”, desabafou. 
 A Rádio Comunitária Amanhecer FM esteve presente desde o inicio das movimentações, mas a mesa da casa citou a presença de um veiculo de comunicação, nosso repúdio. Estamos a disposição do município para que possa se pronunciar sobre esse fato, nossa equipe foi a coordenação de comunicação e o gabinete do prefeito para saber se alguém poderia se pronunciar, mas não conseguimos retorno nem por telefone.
Confira o capitulo que gerou polêmica na integra:





http://www.fmamanhecer.com/

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

0

Prefeito Heleno Silva "Cozinha" os Servidores Públicos de Canindé - SE

No dia 19 de dezembro de 2014, os Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco, Sergipe, paralisarão suas atividades, pelo desrespeito com que o atual prefeito do município vem tradando os servidores, seguida de dois atos públicos, um em frente ao gabinete do prefeito onde foi feito uma fogueira "cozinhando" os servidores e a outra na principal avenida Ananias Fernandes, onde foi distribuídos mais de mil panfletos.



Na paralisação de advertência, os servidores públicos realizaram dois atos público, o primeiro foi em frente ao gabinete do prefeito Heleno Silva. O cozinheiro Heleno, como está sendo chamado pelos servidores públicos de Canindé de São Francisco, continua "enrolando" os servidores que fazem Canindé de São Francisco andar, onde não cumpriu na íntegra com a proposta encaminhada para a categoria na Negociação Salarial de 2014. Os servidores públicos organizaram uma fogueira e colocado um caldeirão, onde fotos de servidores públicos municipais de Canindé foram, literalmente "cozinhados", o ato chamou a atenção pelo forte apoio da população que ali passava, onde também o prefeito Heleno Silva (PRB), não está tendo um comprometimento para com a população.

Para a servidora pública efetiva, investida no cargo de servente, Talita Lopes dos Santos, o prefeito Heleno Silva, antes de ter colocado todos os servidores para trabalhar oito horas diárias, deveria ter corrigido as irregularidades do município, como por exemplo o desvio de função, ressaltou também que a falta de material de limpeza é constante, dificultando assim o trabalho dos profissionais que mantém o ambiente limpo para a população canindeense.



Quem pode ajudar é o prefeito, para isto tem que ter vontade política, e aí prefeito Heleno? Vai ajudar os servidores que fazem Canindé de São Francisco Andar?!









No período da tarde, os a categoria realizou o segundo ato público, A BLITZ DOS SERVIDORES, onde foram distribuídos mais de 1.000 panfletos, contendo informações da causa da paralisação, e também outras bandeiras de luta dos servidores do povo, como por exmplo, Plano de saúde, Fardamento e Vestimentas em Geral, EPI's: Equipamentos de proteção individual, Periculosidade para os Vigilantes, Insalubridade para as, EFETIVAÇÃO DE DIREITOS.


BLITZ DOS SERVIDORES




O movimento estudantil de Canindé de São Francisco, compareceu e apoiou a luta dos servidores públicos do Municipais, Valéria e Luciano Stanislau vice-presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Canindé, , segundo o Presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Canindé, José Damião Feitosa Lima, "Para que nossos direitos sejam cumpridos é necessário termos que lutar, por isso vestimos nossas fardas e nos transformamos em guerreiros".


"Chega de enrolaçao!" Essa foi a frase mais proferida pelo presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Messias Aleixo da Silva, que ainda em seu discurso defendeu mais comprometimento e hombridade do prefeito Heleno Silva(PRB), que não da mais para que em toda a negociação salarial de cada ano, a administração pública encaminhe uma proposta e que não cumpra, ninguém aqui é palhaço, somos servidores do povo e merecemos respeito e que o prefeito Heleno repense a maneira com que esta tratando os Servidores Públicos do Município, que não tem fardamentos e vestimentas em geral, que não tem um plano de saúde, condições de trabalho, EPI's, Insalubridade para as serventes, Periculosidade para os vigilantes, não cumprimento da carta-compromisso que assianara em campanha eleitoral.

"Queremos efetivação e respeito aos direitos conquistados, lutamos muito, muito mesmo para que hoje se tenho uma dignidade ao servidor público de Canindé de São Francisco, ai vem o prefeito Heleno Silva e começa a descumprir propostas encaminhadas nas negociações salariais de 2013 e 2014, na negociação salarial de 2013 encaminhou uma reivindicação antiga dos servidores públicos de Canindé que é a Redução da carga horária para 30 horas semanais garantidas em Lei, e o mesmo não cumpriu, e agora na negociação salarial de 2014, encaminhou a criação de uma Comissão de Análise Técnica, Jurídica e Financeira, com data de início no dia 13 de maio de 2014 e com término para o dia 12 de dezembro de 2014, onde a comissão iria REVISAR E REGULAMENTAR a Lei nº 227/2009 que é o nosso Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, e até o momento não cumpriu. Os servidores públicos do município de Canindé merece mais respeito!", declara a Secretária Geral do SINDISERVE-CANINDÉ, Rosana Goes de Menezes.


Alguns movimentos de Canindé de São Francisco estiveram presentes, além do movimento estudantil de Canindé, estava presente o STTR: Sindicato dos Trabalhadores de Canindé de São Francisco, na pessoa do SEcretário Geral Genivaldo Lopes e a Rádio Comunitária Amanhecer FM 104,9, que é uma conseção da ACONASCE: Associação Nossa Senhora da Conceição,  que transmitiu alguns flashs da paralisação realizada pelos servidores públicos, essas entidades sempre estão apoiando a luta do SINDISERVE-CANINDÉ: Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco.












quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

0

PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO É AMANHÃ DIA 19



0

SINDISERVE-CANINDÉ ACIONA MINISTÉRIO PÚBLICO E GESTÃO SE COMPROMETE EM PAGAR AS TITULAÇÕES

No dia 16 de dezembro de 2014, aconteceu uma audiência pública, intermediada pelo promotor de justça da Comarca de Canindé de São Francisco onde culminou que a administração pública se comprometeu em começar a pagar a titulação a partir de janeiro de 2015.

A direção do SINDISERVE-CANINDÉ, oficializou ao Ministério Público, no dia 23 outubro de 2014, a intervenção do Ministério Público a fim de assegurar a percepção do direito a efetivação na íntegra da Lei nº 227/2009 que é o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimento dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco, Sergipe, como também apurar a responsabilidade do gestor municipal e responsabilizá-lo. 


No dia 16 de dezembro de 2014, houve uma audiência Pública, onde representando os servidores públicos do município de Canindé de São Francisco estava o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Messias Aleixo da Silva, a secretária geral da entidade Rosana Goes de Menezes e o Presidente da ACACSACE, José Adailton de Souza, e representando a Administração Pública de Canindé de São Francisco estavam o Secretário de Finanças, José Santos de Andrade, o Secretário de Administração, José Cláudio dos Reis, a Assessora Jurídica do Município, Kátia Lúcia Cunha Siqueira, o secretário de Educação José Orinaldo de Santana e o Secretário de Agricultura Heráclito de Oliveira Azevedo.

Veja a baixo na íntegra o termo de audiência, onde a administração pública municipal de Canindé de São Francisco se compromete perante o s representantes dos trabalhadores e o Ministério Público de Canindé de São Francisco em começar os pagamento e retroativos a partir de janeiro de 2015.

"Acionamos o Ministério Público e o encaminhamento firmado foi bom para os trabalhadores e será mais ainda quando chegar o mês de janeiro, e dezenas de trabalhadores ver em seu contracheque a efetivação de um direito. Está sendo uma luta árdua garantir o direito da titulação, lutamos muito para conquistar o Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos do Servidores Públicos de Canindé de São Francisco, e o prefeito Heleno Silva tem que começar a respeitar as leis existentes no município, não vamos abrir mãos de direitos conquistados, pelo contrário iremos lutar para ampliá-los. Foi mais uma vitória da classe trabalhadora de Canindé, espero que em janeiro seja pago a titulação e cumprimento total da leiº 227/2009, afirma o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Messias Aleixo da Silva.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

0

Servidores decidem em Assembleia PARALISAR o serviço público de Canindé de São Francisco - SE

Ontem dia 15 de dezembro de 2014, aconteceu a Assembleia Geral Extraordinária dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco, Sergipe, onde foi deliberado por unanimidade uma PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS para o dia 19 de dezembro de 2014.

Na negociação salarial desse ano, onde a prefeitura municipal de Canindé, encaminhou uma proposta para a categoria, onde a mesma foi votada em assembleia e aprovada, e até o momento a prefeitura não cumpriu na íntegra. Ressaltando que já está virando "moda" do prefeito Heleno Silva, encaminhar propostas na negociação salarial e não cumprir.

A administração do Prefeito Heleno Silva encaminhou como proposta, na negociação salarial de 2013, uma reivindicação antiga do SINDICATO, que é a REDUÇÃO DA CARGA HORÁRIA para 30 horas semanais garantidas em lei, e não cumpriu, já na negociação salarial de 2014 encaminhou novamente uma proposta, com um item que era a criação de uma comissão de análises técnicas, jurídica e financeira, que iria ter autonomia para revisar e regulamentar a Lei Nº 227/2209, que é o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores públicos de Canindé de São Francisco, com um prazo para os trabalhos começar em 13 de maio de 2014 e com previsão de término para 12 de dezembro de 2014, não cumprindo novamente.

Na Assembleia realizada ontem, dia 15 de dezembro, a categoria debateu sobre 04 (quatro) pautas, dentre elas o não cumprimento do prefeito Heleno Silva em relação a efetivação da LEI Nº 227/2009 - PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E VENCIMENTOS (TITULAÇÃO), onde ficou decidido que a categoria irá tomar uma posição, logo após uma audiência pública com o promotor de justiça da comarca de Canindé de São Francisco, Dr. Emerson Oliveira Andrade, que acontecerá hoje, dia 16 de dezembro de 2014, às 15h30min na Promotoria.

Outra pauta a que foi debatida foi a REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PARA 30 HORAS SEMANAIS GARANTIDAS EM LEI. Onde a categoria irá levantar a bandeira da redução da jornada de trabalho. Em seguida a categoria debateu a última pauta, que foi a apreciação e votação da categoria referente à solicitação de documentos da entidade para alguns servidores públicos, onde 4 servidores públicos solicitaram a cópia da relação de filiados, onde a categoria rejeitou, reprovando a entrega desses documentos que é restrito à Direção do Sindicato, onde 39 servidores votaram contra e nove votaram a favor.


Por fim o Presidente do Sindiserve-Canindé, Emanoel Messias Aleixo da Silva, informou que a eleição do SINDISERVE-CANINDÉ, será dia 30 de dezembro, às 19 horas no Centro Comunitário São Vicente de Paula, onde apenas uma chapa se inscreveu, intitulada A LUTA NÃO PODE PARAR! com os seguintes componentes: Titulares da Diretoria Executiva: Emanoel Messias Aleixo da Silva; Rosana Goes de Menezes; Erivelto Ventura Lima; José Adailton de Souza; Talita Lopes da Silva; Ueber da Silva Miguel; Maria Iracema Venuto Moraes; Jilmária Soares dos Santos. Suplentes da Diretoria Executiva: Joana Vieira da Silva; Cristiano dos Santos Silva; Luiz Inocêncio Bathomarcos Lima; Almir Santos da Silva; Edeuza Gonçalves de Almeida e; Maria Ângela Feitoza dos Santos. Titulares do Conselho Fiscal: Cícera Josefa da Conceição; Cícera de Lima e; José Carlos da Silva. Suplentes do Conselho Fiscal: Tiago da Paz; Maurício Araújo do Nascimento e; Wesley Daniel de Menezes.

Os servidores Públicos deliberaram por unanimidade uma paralisação de advertência para o dia 19 de dezembro de 2014, seguida de dois atos públicos, o primeiro a acontecer às 08h00min da manhã, em frente ao gabinete do prefeito e o segundo ato acontecerá às 16h00min na Avenida Ananias Fernandes, onde acontecerá uma breve caminhada.








segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

0

É hoje! Assembleia Geral Extraordinária dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco

Hoje, dia 15 de dezembro de 2014, a categoria dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco, irão se reunir em Assembleia Geral Extraordinária, às 19h00min no Centro Comunitário São Vicente de Paulo, para debater as seguintes pautas:
01) Não cumprimento do Prefeito Heleno Silva referente às pautas encaminhadas pela administração, através do OFÍCIONº148/2014/SMA/CSF/SE;
02) Redução da Carga Horária para 30 horas semanais garantidas em Lei;
03) Não cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos na íntegra;
04) Apreciação e votação da categoria referente à solicitação de documentos da entidade para alguns servidores públicos;
Informes.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

0

NOTA DE REPÚDIO AO PREFEITO HELENO SILVA


Sindiserve Canindé: Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Canindé de São Francisco REPUDIA a forma com que os Servidores Públicos Municipais estão sendo tratados pelo prefeito Heleno Silva (PRB). Ao invés do prefeito corrigir as irregularidades de seu mandato, para depois poder exigir dos servidores que fazem o município de Canindé de São Francisco.
Recentemente o prefeito Heleno Silva teve a proeza de ser o primeiro prefeito a colocar os servidores para trabalhar oito horas diárias, causando o maior caos no serviço público municipal. Mesmo contendo no Estatuto dos Servidores Públicos que os trabalhadores deverão cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais, também está no Estatuto que poderá ser de seis horas corridas.
O prefeito Heleno Silva, deu com uma mão e tirou com a outra, uma reivindicação antiga da categoria, que é a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais.
Os servidores já estão organizados, no dia 19 de novembro aconteceu uma Assembleia Geral Extraordinária onde foi traçadas metas e estratégias de luta. Já tem uma nova Assembleia Geral Extraordinária marcada para o dia 15 de DEZEMBRO de 2014, onde a categoria estará dando continuidade às ações para que a reivindicação da redução da jornada de trabalho possa ser transformada em lei.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

0

Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate ás Endemias paralisam suas atividades

Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate ás Endemias paralisam suas atividades

Hoje, dia 06 de novembro de 2014, os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias, realizaram uma paralisação de advertência, pois o prefeito Heleno Silva não estava recebendo as categorias dos ACS e ACE que estão na luta pela efetivação do piso salarial.



Pela segunda vez esse ano os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate ás Endemias do município de Canindé de São Francisco/SE, paralisam suas atividades. Depois de vários ofícios enviados para o gabinete do prefeito e não obter respostas, os agentes de saúde pararam suas atividades no dia 8 de Outubro passado, naquele momento ficou marcado reunião com o prefeito para o dia 14 e o mesmo remarcou reunião para o dia 22 e não compareceu, por esse motivo em assembleia no dia 24 de Outubro a categoria decidiu fazer mais uma paralisação de advertência, que aconteceu hoje dia 6 de Novembro.

O presidente da ACACSACE, José Adailton de Souza, foi comunicado extra oficial de que o prefeito Heleno Silva, queria sentar com a direção para dialogar, o presidente da entidade passou hoje dia 06, para a categoria, onde a mesma concordou e todos fizeram uma breve caminhada, saindo da praça Ananias Fernandes até a secretaria de finanças, onde o prefeito recebeu a categoria.
  
Representando a ACACSACE estava presente, os diretores José Adailton de Souza, Ana Lúcia Ribeiro, Edimê Gomes do Nascimento, e o Agente Comunitário de Saúde José Adelmo da Silva e à convite da ACACSACE, o presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo. E representando a Administração pública de Canindé estava o prefeito José Heleno da Silva, o secretário de Saúde Enoke Luiz Ribeiro da Silva, o secretario de Administração José Cláudio dos Reis e o secretário de Agricultura Heráclito de Oliveira Azevedo.

Na reunião ficou decidido que no dia 10 de novembro de 2014, às 09h00min, o secretário de administração juntamente com dois representantes da ACACSACE e um representante do SINDISERVE-CANINDÉ irão fazer um estudo para ver a possibilidade da efetivação do piso salarial. A categoria já marcou uma assembleia Geral Extraordinária para o dia 14 de novembro de 2014, a partir das 08h00min no Centro Comunitário São Vicente de Paulo, onde a categoria irá definir os próximos passos da luta.


“Avançamos! Pois conseguimos nos reunir com o prefeito e passar as nossas reivindicações, e a necessidade de que o município cumpra a lei nº 12.994 de 17 de junho de 2014, que garante o piso salarial das duas categorias, só conseguiremos a nossa valorização através da luta e mobilização. Em nome de toda a categoria, agradecemos a presença das companheiras de luta de Poço Redondo, Selma, Elenilza e Luciana.” Afirma o presidente da ACACSACE, José Adailton de Souza.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...