quinta-feira, 22 de setembro de 2016

0

DESRESPEITO! Gestão do Prefeito Heleno Silva atrasa salários dos Servidores da Saúde e greve pode ser deliberada a partir de segunda

Hoje, dia 22 de setembro de 2016, os Servidores Efetivos da saúde não receberam ainda os seus vencimentos referente ao mês de agosto e a categoria dos Servidores Públicos decidirão em Assembleia se delibera uma Greve Geral.



Médicos, Enfermeiras, Odontólogos, Técnicos de Enfermagem, Auxiliares de Enfermagem, Técnico de radiologia, Agente Comunitários de Saúde, Serventes, Vigilantes, recepcionistas, Telefonistas, Motoristas, Cozinheiras que tem papéis fundamentais no cuidado da saúde da população encontram-se quase dois meses com salários atrasados.


O município de Canindé está respondendo uma ação civil pública (processo número 201664000998) impetrada pelo Ministério Público por conta do atraso de salários. Na última audiência realizada no dia 01 de setembro de 2016 o município apresentou uma proposta de pagamento para o Juiz, dr. Paulo Roberto Fonseca Barbosa, onde se comprometeu em pagar os servidores lotados na educação e geral no dia 10 de setembro e os servidores da saúde no dia 15 de setembro. Onde se concretizou que a prefeitura não cumriu o que propôs na ação civil pública que está respondendo. "Estamos aguardando uma posição enérgica do juiz em relação ao não cumprimento do executivo para honrar o pagamento dos servidores efetivos" declara a vice-presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Rosana Meneses.


"Sou servidor da saúde e sei as dificuldades que centenas de servidores estão passando por essa falta de respeito do prefeito Heleno Silva, nós merecemos e exigimos respeito, pois trabalhamos e estamos querendo o que é nosso por direito, que é o nosso pagamento. Queremos também que os vereadores fiscalizem o dinheiro público, quanto entra? Quanto sai? Para onde vai? Vamos nos reunir em assembleia e decidirmos os próximos encaminhamentos de luta" afirma o diretor executivo do SINDISERVE-CANINDÉ, Adailton Souza.



Após o não cumprimento do executivo, a direção do SINDISERVE-CANINDÉ, procurou o Ministério Público para notificar o descaso mais uma vez da gestão do Prefeito Heleno silva, o promotor de justiça da comarca de Canindé de São Francisco, Dr. Emerson Oliveira Andrade informou que pediu o bloqueio das contas da prefeitura. Não sendo sanado o atraso de salário, algumas enfermeiras e médicos procuraram a direção do SINDISERVE-CANINDÉ, onde no último dia 20, o presidente da entidade Emanoel Aleixo acompanhou as enfermeiras para uma audiência com o promotor,onde o mesmo informou que iria pedir novamente o bloqueio das contas, para que fosse garantido o pagamento para os servidores da saúde e com o bloqueio, viria uma auditoria do TCE - Tribunal de Contas do estado para averiguar os possíveis desvios.

Na manhã de hoje, dia 22 de setembro de 2016, a direção do SINDISERVE-CANINDÉ, foi cobrar novamente o salário dos profissionais da saúde na secretaria de finanças, onde o secretário José Santos de Andrade (Neném) informou que a prefeitura já tem dinheiro para pagar a folha da saúde, mas que as contas da prefeitura estão bloqueadas, que o TRT - Tribunal Regional do Trabalho tinha bloqueado as contas da prefeitura por conta do não pagamento das precatórias desde o ano de 2008 até a data atual (informação passada pelo secretário de finanças, a diretoria do sindicato está averiguando as informações).

O secretário de finanças passou ainda que a prefeitura entrou com um pedido de reconsideração e com um mandato de segurança para que seja feito o desbloqueio e com isso seja pago aos servidores da saúde.

"Independentemente do bloqueio das contas da prefeitura, da ação judicial que está correndo na justiça e com o provável pagamento esses dias, A NOSSA ASSEMBLÉIA DE INDICATIVO DE GREVE CONTINUARÁ, pois temos que tomar uma posição enérgica para que este desrespeito e falta de fiscalização dos 11 vereadores para com os atos do executivo acabe de uma vez, não é só o atraso de salário, são as férias, a licença prêmio, o retroativo da titulação, o 13º salário e o próprio pagamento de dezembro, temos que nos unir ou seremos "literalmente" engolidos por esta classe política que ai está" declara o presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo.



quinta-feira, 15 de setembro de 2016

0

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE O BLOQUEIO DAS CONTAS DA PREFEITURA DE CANINDÉ POR ATRASAR SALÁRIO DE SERVIDORES PÚBLICOS


ATENÇÃO SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO!!

A diretoria do SINDISERVE-CANINDÉ acabou de chegar do Ministério Público onde foi denunciado o não cumprimento da Prefeitura em relação ao pagamento das categorias.
O MINISTÉRIO PÚBLICO PEDIU AO JUIZ Dr. Paulo Roberto Fonseca Barbosa O BLOQUEIO DAS CONTAS DA PREFEITURA!!

0

Vereadores de Canindé aprovam lei que estabelece data de pagamento do funcionalismo

Na noite da última terça-feira, 13, foi aprovado na casa legislativa de Canindé de São Francisco, por unanimidade dos presentes, o projeto de lei 113/2016 que dispõe sobre o Plano de cargos, carreira e vencimento dos servidores públicos municipais de Canindé de São Francisco-Sergipe, que altera parcialmente a lei 165/2006, que tratava de estabelecer uma data limite para efetivação do pagamento salarial ao servidores públicos municipais, em seu artigo 15-A onde o município deverá efetuar o pagamento dos vencimentos, remuneração e as vantagens dos servidores públicos até o quinto dia útil do mês subsequente ao trabalhado.
Além da regulamentação de uma data específica para o pagamento dos vencimentos a lei também dispõe em seu artigo 15º  parágrafo único, a data base para a revisão anual dos salários dos servidores públicos do município, que antes era no mês de março e agora com a mudança passa para primeiro de fevereiro.
A câmara foi lotada pelos servidores públicos municipais para fazer pressão aos parlamentares presentes. De acordo com o presidente do Sindicato da categoria, Sindiserve-Canindé - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco: "O que estamos vivenciando hoje é um momento de uma conquista histórica para o serviço público municipal, nunca tivemos uma data regulamentada em lei municipal que determinasse uma data especifica para o pagamento dos funcionários da prefeitura, agora é lei, graças a luta e o esforço de cada um, fortalecendo a luta de seu sindicato", explanou Emanoel Aleixo.
O funcionalismo de Canindé está a aproximadamente um ano em atrasos constantes de salários, nos últimos seis meses essa situação chegou a piorar, o que fez o sindicato da categoria levar a situação ao ministério público, o mesmo moveu uma ação civil pública contra o município. Na primeira audiência foi estabelecido o décimo dia útil do mês como limite para efetivação dos pagamentos, o município não cumpriu o acordado, o que levou a uma segunda audiência onde foi dado um prazo para que a gestão regularize as pendências com funcionalismo, daí surge uma acordo mediante uma proposta do sindicato e um projeto de lei elaborado pelo mesmo.
Para o presidente da Câmara de Vereadores, Everaldo Nunes: "A câmara sempre esteve disposta a buscar caminhos que atendam os interesses dos servidores públicos do município. Vocês estão de parabéns, pelo diálogo com a gestão que chegou ao consenso dessa proposta, a casa estará aberta ao funcionalismo municipal sempre que precisar", disse o presidente".
Para dar maior agilidade à apreciação e aprovação ao projeto, a vereadora Ivone Feitosa e o vereador Valdir Andrade fizeram o  .m pedido de urgência na tramitação da proposta. Sendo aprovada por unanimidade dos presentes: Adriano Feitosa (Adriano de Bomfim), Eliel Caetano, Everaldo Nunes, Ivove Feitosa, Joselildo Almeida (Pank), Manoel Paciência (Manoel Doutor), Ronildo Bezerra, Valdir Andrade. Se ausentaram da seção: Francisco Paes Andrade, Luciano Ferreira e Rildo Joaquim.

Por Bruno Balbino DRT2039/SE
FONTE: http://www.fmamanhecer.com/

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

0

Projeto que define a data de pagamento e e antecipação da Data Base será votado na Câmara

Amanhã os Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco, Sergipe, terão mais um dia de luta!  A categoria está prestes a conquistar reivindicações importantes garantidas em lei para a valorização da classe! Estará sendo colocado para votação na Câmara de Vereadores o projeto de lei elaborado pelo SINDISERVE-CANINDÉ  que DEFINE A DATA DE PAGAMENTO e ANTECIPA A DATA BASE PARA FEVEREIRO.


"Depois de anos lutando para que o executivo encaminhasse um projeto de lei que define a data de pagamento dos Servidores Públicos Municipais de Canindé e a antecipação da DATA BASE para fevereiro, estamos prestes a conquistar, o mais difícil conseguimos através de muita união e luta dos companheiros que foi o executivo encaminhar para a Câmara de Vereadores, agora falta os vereadores votarem, e estaremos lá todos e todas aguardando este momento ser efetivado" declara o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ, Emanoel Aleixo.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

0

Dia D - Ato Público contra o Atraso de Salário e Entrega da Carta Compromisso aos dois candidatos a Prefeito agitam a quarta feira de luta

Amanhã é o Dia D, o dia que iremos realizar o nosso GRANDE ATO PÚBLICO. Amanhã também é o dia da nossa Assembleia Geral Extraordinária, onde iremos entregar a CARTA COMPROMISSO dos Servidores Públicos Municipais aos dois candidatos a Prefeito, Erasmo Marinho (Marinho) e Orlando Porto de Andrade (Orlandinho). Onde os candidatos a Prefeito irão saber as demandas da categoria. A presença de cada um servidor e servidora pública é muito importante.

sábado, 20 de agosto de 2016

0

Canindé: Servidores deliberam Paralisação de 04 dias pelo Atraso de Salário e pela falta de condição de trabalho

Em Assembleia Geral extraordinária realizada no último dia 16 de agosto de 2016, os Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco deliberaram uma Paralisação de advertência de 04 (quatro) dias por contra do ATRASO DE SALÁRIO e FALTA DE CONDIÇÃO DE TRABALHO.



A falta de respeito do Prefeito Heleno Silva e a falta de fiscalização dos vereadores para com o dinheiro público continuam em Canindé de São Francisco. Os beram os vencimentos de servidores lotados na secretaria de saúde receberam os vencimentos e vantagens do mês de julho apenas do dia 19 de agosto. Um absurdo que levou a categoria a decidir a paralisação de advertência, e que o prefeito receba a categoria para que não seja preciso iniciar uma grande movimento grevista no município.



"Ficou bem claro o objetivo da nossa paralisação! O prefeito Heleno Silva tem que encaminhar para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei que a Direção do  SINDISERVE-CANINDÉ elaborou, onde DEFINE  A DATA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS EFETIVOS" declara o Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ Emanoel aleixo.


VEJA A BAIXO OS ENCAMINHAMENTOS DO SINDISERVE-CANINDÉ, ONDE A PREFEITURA ATÉ O MOMENTO ENGAVETOU. É JUSTAMENTE ESTE PROJETO DE LEI QUE TEM QUE SER APROVADO.








"É vergonhoso não termos inserido no estatuto dos Servidores e no Plano de Cargos, carreiras e vencimentos um artigo que defina a data de pagamento. Isto mostra o comprometimentos dos gestores que passaram e os que aí estão" declara a Vice-Presidente do SINDISERVE-CANINDÉ Rosana Menezes.


"É um momento único para a classe trabalhadora mostrar a sua força, e juntos iremos conseguiur de uma vez por todas que o município comece a ter respeito elos servidores públicos municipais de Canindé de São Francisco, então companheiros e companheiras servidores públicos a palavra de ordemÉ PARAR, nos próximos dias 22, 23, 24 e 25 de agosto, permanecendo 30% da parte essencial da saúde (Hospital Haydee de Carvalho)" declara o Diretor Executivo do SINDISERVE-CANINDÉ, Adailton de Souza.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

0

DEFINIDO NOVO HORÁRIO PARA O BABA DE FUTSAL DOS SERVIDORES


ATENÇÃO SERVIDORES PÚBLICOS QUE GOSTAM DE BATER UMA BOLINHA DE FUTSAL!
O nosso horário para o baba de Futsal agora será toda sexta-feira a partir das 19h20min.
Participem.


domingo, 10 de julho de 2016

0

Após denuncias do Sindicato, prefeito Heleno Silva responderá ação civil pública impetrada pelo Ministério Público Estadual

O SINDISERVE-CANINDÉ vem provocando o Ministério Público através de denuncias protocoladas,  no sentido de rever a situação em que os servidores públicos vem sendo tratados pela atual gestão, onde foi fundamental a decisão do juiz Paulo Roberto Fonseca Barbosa, da Comarca de Canindé de São Francisco onde determinou a regularização do pagamentos dos servidores de Canindé, como também bloqueio dos bens do prefeito Heleno Silva (PRB) e o afastamento do secretário de finanças José Santos de Andrade ambos acusados de improbidade administrativa.

No último dia 21 de junho de 2016, a Presidenta interina do SINDISERVE-CANINDÉ Rosana Goes de Menezes acompanhou uma servidora pública para o Ministério Público, onde foi feita mais uma denúncia, em relação ao consignado, onde a servidora detém de um consignado no banco Bradesco, onde o mesmo quebrou o contrato por conta dos atrasos que o município vinha fazendo em relação ao repasse dos consignados, onde foi denunciado que o município retia da conta dos servidores, uma vez que o servidor  recebia o seu contracheque e nele estava constando que os valores foram debitados para o banco onde se tinha o empréstimo consignado, e então o município não repassava para as financiadoras que neste caso são os bancos, no caso da Caixa alguns servidores recebiam uma cartinha de cobrança e alguns foram até negativados, já o Banco Bradesco, em relação a esta servidora que encaminhamos ao Ministério Público, foi quebra de contrato, de uma certa forma penalizando a servidora. Logo após a denúncia, a servidora pública já entrou com ação com a assessoria jurídica do SINDISERVE-CANINDÉ.


"Este caso da companheira que teve o seu contrato quebrado com o banco Bradesco, serviu de peça fundamental para que conseguisse entrar com essa ação civil pública e conseguir, fazer com que o prefeito fosse penalizado até o afastamento do secretário de finanças, foi mediante a esta denuncia que fizemos" finaliza a Presidente interina do SINDISERVE-CANINDÉ, Rosana Goes de Menezes. 


"Nós do SINDISERVE-CANINDÉ, a direção fez, está fazendo e continuará fazendo a sua parte como direção, reivindicando os direitos de todos os servidores públicos municipais de Canindé de São Francisco, levamos muitas denuncias ao Ministério Público, levamos denuncias para que o Ministério Público pudesse estar fazendo a sua parte também, levando até a justiça estes processos de improbidade administrativa, como foi de fato aconteceu nesses últimos dias" declara o Diretor Executivo do SINDISERVE-CANINDÉ José Adailton de Souza.

"Estamos fazendo, como sempre fizemos a nossa parte, agora questionamos o porquê que os vereadores não fizeram nada, os vereadores não tem feito a sua parte, é preciso que a população de Canindé acorde e veja o que se tem feito, nós não somos vereadores, não temos mandato legislativo, mas nós estamos fazendo a nossa parte pelos servidores efetivos, pelos servidores contratados, até pelos comissionados, pois quando acionamos o Ministério Público e em audiência colocamos na mesa que ninguém tinha recebido o seu salário, que tem pessoas com 04, 05 e até 06 meses sem receber o salário, estamos trazendo para nós o que não é de nossa parte, pois o nosso papel é defender os Servidores Públicos Efetivos, mas nós analisando que é melhor para as pessoas contratadas e comissionadas e para toda uma sociedade, nós vimos que não é justo o que estava acontecendo, nós fomos lá, reivindicamos, questionamos, denunciamos ao Ministério Público a falta de pagamento, inclusive, é que nós queremos que os servidores receba o seu salário dentro do mês trabalhado, mas como a administração não está querendo pagar no mês trabalhado, que pelo menos pague no 5º dia útil do mês subsequente" finaliza o Diretor Executivo do SINDISERVE-CANINDÉ, José Adailton de Souza.

Veja na íntegra a denuncia feita pelo SINDISERVE-CANINDÉ ao juiz Paulo Roberto Fonseca Barbosa, da Comarca de Canindé de São Francisco em relação ao atraso de salário:


Veja na íntegra a ação civil pública.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...